Bem-vindo à Clívida!

Opening Hours : geral@clivida.pt
  Contact : 234 481 600

Terapia da Fala

Terapia da fala é a ciência que tem com objecto de estudo a linguagem. O Terapeuta da Fala é o profissional de saúde responsável pela prevenção, avaliação, intervenção e estudo científico das perturbações da comunicação humana, ao nível da linguagem, articulação, voz, fluência, deglutição, motricidade orofacial e estética facial, em qualquer faixa etária.

Áreas de intervenção do Terapeuta da Fala

COMUNICAÇÃO
A pessoa não comunica de forma verbal oral ou não se faz entender através da fala, podendo necessitar de um sistema de comunicação aumentativo e/ou alternativo (gestos, símbolos, fotografias, etc.).
Etiologias possíveis: Acidente Vascular Encefálico (AVE), doenças degenerativas, paralisia cerebral, deficiência auditiva, etc.

LINGUAGEM
» Linguagem na criança
– A criança não se expressa corretamente e/ou não compreende o que lhe é dito.
– Não percebe instruções que lhe são dadas e tem dificuldades em responder a questões sobre uma história ou acontecimento.
– Apresenta um vocabulário simples e reduzido para a sua idade.
– Constrói frases nem sempre corretas e o seu discurso é desarticulado.
Etiologias possíveis: síndromes, atraso global do desenvolvimento, deficiência auditiva, fatores ambientais, etc.
> Leitura e escrita: a criança revela dificuldades em aprender a ler ou escrever, podendo não associar a letra (grafema) ao som (fonema) ou vice-versa.

» Linguagem no adulto
O adulto apresenta dificuldades em expressar-se e/ou em compreender o que lhe é dito.
Etiologias possíveis: Acidente Vascular Encefálico, Traumatismo Crânio-encefálico, doença de Alzheimer, tumores cerebrais, etc.

ARTICULAÇÃO
A pessoa omite, troca ou distorce sons da fala, podendo ser difícil perceber o seu discurso (por exemplo: troca o /t/ pelo /g/ ou omite o /r/).
Etiologias possíveis: alterações dentárias, hábitos orais (uso de chupeta e/ou biberão durante um período prolongado, sucção digital ou lingual, etc.), deficiência auditiva, fenda lábio-palatina, freio lingual curto, etc.

FLUÊNCIA
A pessoa gagueja ou fala muito rápido (taquifémia).
Etiologias possíveis: causa multifactorial (fatores genéticos, neuropsicológicos e ambientais).

VOZ
A pessoa fica rouca (ou outras alterações vocais) com frequência e por períodos prolongados.
A pessoa apresenta uma voz “nasal”.
Etiologias possíveis: mau uso e/ou abuso vocal, hábitos nocivos (tabaco, álcool, etc.), parésia da prega vocal, fenda lábio-palatina, etc.).

DEGLUTIÇÃO
A pessoa apresenta dificuldades em preparar o bolo alimentar e/ou engolir.
Engasga-se com alimentos líquidos, pastosos ou sólidos.
Revela dificuldades em controlar a baba.
O adulto tem dificuldades em alimentar a criança e esta rejeita algum tipo de alimentos.
Etiologias possíveis: Acidente Vascular Encefálico, Traumatismo Crânio-Encefálico, Paralisia Cerebral, doenças degenerativas, etc.

MOTROCIDADE OROFACIAL
A pessoa apresenta dificuldades em executar movimentos com os músculos envolvidos na fala, mastigação ou deglutição.
Etiologias possíveis: Acidente Vascular Encefálico, Traumatismo Crânio-Encefálico, Paralisia facial, doenças degenerativas, doença de Parkinson, etc.

ESTÉTICA FACIAL
A pessoa apresenta vincos e rugas de expressão na face.
Etiologias possíveis: Marcas resultantes de posturas e movimentos repetitivos realizados para mastigar, deglutir, falar e repirar, que podem ser acentuados por tensão exagerada dos músculos da face.

Teresa Figueiredo – Terapeuta da Fala desde 2007. Exerce funções no âmbito da prevenção, avaliação e intervenção em contexto clínico e escolar, principalmente com crianças e jovens, nas áreas da comunicação, linguagem, articulação, motricidade orofacial e voz.

  • Dra. Teresa Figueiredo
    Terça-feira / 17h-19h

VOLTAR